Entrevista 391 com a Banda Alemã Space Parasites


A Tempestade Conservadora faz sua Entrevista 391 com a Banda Alemã Space Parasites
1-Apresentando a banda para nós?

Temos Iron Daschke na guitarra, Gory Di no baixo, Willi Will na bateria e Danger Dine nos vocais.

2-Qual é o tema lírico de Raw e Violent?

Temos muita inspiração em todos aqueles filmes B antigos dos anos cinquenta e sessenta, até oitenta. Não é a coisa padrão dos splatter. Você mistura isso com as situações cotidianas, e cresce lá está.
Existem muitos livros estranhos que você pode ler e ter uma idéia do que deseja para a letra. Se é assustador, é bom.
Muitos mutantes do espaço e coisas escuras.

3-Falando sobre o trabalho de composição deste álbum?

É realmente simples. Nenhum compromisso foi dado. Apenas fiz direito na lata. Sem frescura. Apenas cru e violento. Composições claras e vocais ranhosos.

4-A banda está fazendo shows neste ano?

Ainda não temos shows reservados para o próximo ano, estamos trabalhando em novas músicas e adicionaremos uma segunda guitarra. Significa muito treinamento e jogo na sala de ensaios. Vai ser alto como o inferno. Quando o sucesso for garantido, agendaremos shows.

5-Como a banda conhece Vlad Nowjaczyk?

Nós nos conhecemos no Facebook. Ele é um cara legal.

6-Todas as músicas são muito diferentes umas das outras. Mas há alguma palavra que você possa destacar como um ponto comum no álbum?

Montes de earworms, ouça duas ou três vezes e eles ficam presos na sua cabeça. No total, a energia dos riffs, a bateria quebrada, o baixo estridente e os vocais violentos.

7-A banda está fazendo shows em 2019?

Tivemos muitas coisas, incluindo o nosso Record Record em 26 de outubro. Ótimos tempos. Agora é só para férias de Natal e Ano Novo. Família e outras coisas.

8-Como o Space Parasites é diferente das suas bandas anteriores?

Na verdade, é um padrão tecnicamente mais alto. Mais sofisticado.

9 – Qual a idéia por trás do álbum de arte?

O registro soa um pouco mais bruto do que o pretendido. Então pensei em pegar minha guitarra mais fodida e banhada em sangue falso, e pronto. Aí está você. Ele se encaixa, é incrível, nós adoramos.

10-A banda sente diferenças entre letra e som em A Date with Thrash Doctor e agora em Raw e Violent?

Não é liricamente, já que “A Date with Trash Doctor” foi gravado recentemente no Record e na versão para download pelo menos.

Sobre o som; Bem, sim. Após um ano de ensaios e shows, ficamos mais confiantes, com o som mais pesado e melhor. A interação melhorou muito. Todos praticam em casa e dedicam tempo e esforço. Você pode ouvir isso.

11 — Como foi a recepção deste álbum?

Bom, as pessoas ficaram surpresas com o desenvolvimento, comentaram sobre as composições. Ficamos felizes por ter encontrado tantos aplausos.

12-A banda conhece e gosta de algo sobre o brazil metal?

Violador. Sepultura, Torture Squad. Não tantos quanto deveríamos, hein. Nós analisamos isso.

13-Falando sobre a cena do metal na Alemanha?

Bem, é enorme. Temos grandes festivais e muitos menores, já que existem muitas bandas pequenas. O que é ótimo. O espírito subterrâneo, por assim dizer.
A Alemanha tem uma grande história quando se trata de metal, pense Running Wild, Scorpions, Accept of couse. Nós temos o Doro. Oh meu, todos nós. Hahahaha só brincando.
Esse gênero se tornou bastante popular e até popular.

14 – A banda acha que este álbum é conceitual? Sim ou não e por quê?

Não, é uma coleção de idéias, nós as classificamos ouvindo as músicas e a versão em vinil na época.

15 – Pergunta divertida: a banda tem pesadelos com suas músicas?

Não, nunca, bem, ainda não. Mas montar um lobo espacial pelo universo seria divertido.

16-Dê uma mensagem aos fãs, pessoal, a entrevista acabou

Abra seus ouvidos e deixe-nos entrar em sua mente! Uma vez lá dentro, juntos lutamos contra piolhos gigantes, sem cuecas!

Publicado por Lipetempestade

Uma pessoa de personalidade forte mas disciplinadora e exigente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: